A Presença do rádio no Brasil

Tempo de leitura: 3 minutos

0 Flares Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Não é de hoje que as pessoas falam que o rádio está ameaçado pelas novas tecnologias. Um exemplo atual e claro é que falaram isso quando a internet surgiu. Mas você sabia que aqui no Brasil essa mesma história surgiu quando a televisão se popularizou no país?

E como vemos, o rádio continua firme e forte. Você sabe o motivo?

Ele é bem simples. A existência do rádio dá ao público a certeza de que as mensagens de utilidade pública chegarão a todos, mesmo nas condições mais adversas. Qualquer pessoa pode sintonizar sua estação favorita sem pagar nada, sem ter acesso à energia elétrica – rádio a pilha – ou linha telefônica. Mais democrático e acessível que isso, impossível.

Mas como será a presença do rádio no Brasil? Saiba ao ler este artigo que preparamos para você. Vamos lá?

 

Acreditamos que a presença do rádio tanto no Brasil como no mundo não cessará, e os dados comprovam isso.

De acordo com os dados do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), o Brasil possui mais de 10,5 mil emissoras de rádio. Destas, quase metade são comerciais.

Outro ponto importante além da quantidade de rádios, é que a maioria das estações brasileiras operam em FM, tipo de frequência que garante uma qualidade excelente de som e que concentra 92% da audiência total do rádio.

E o crescimento não para por aí! Com toda essa evolução, o aumento na quantidade de equipamentos que pode receber rádio, está indo muito além do convencional.

Se você assina TV a cabo, nos pacotes básicos você encontrará o sinal das maiores estações do país na mesma. Também é possível baixar aplicativos das próprias rádios e ouvir em smartphones, tablets e até mesmo em consoles de jogos como o Playstation, por exemplo.

 

O rádio ainda é um grande meio de propagação de mensagem, por isso, acreditamos que sua presença nas casas, carros, smartphones e derivados só tende a aumentar no Brasil. Quando falamos sobre rádio, falamos de:

 

Simplicidade

Com quatro elementos: voz, música, efeitos sonoros e silêncio, você tem uma linguagem radiofônica. Essa simplicidade permite a realização dos mais variados formatos de publicidade. Com eles você pode fazer uma citação, comunicado, texto-foguete, spot, testemunhal entre outros. Tudo de forma rápida, criativa e com baixo orçamento de produção.

 

Agilidade

Com um microfone ligado e uma emissora pronta para divulgar qualquer anúncio ou manchete, toda notícia é feita no exato momento que acontece. Todos nós sabemos que é muito mais fácil falar do que digitar, fotografar ou até mesmo filmar. Um exemplo para nossa afirmação é que cada vez mais os aplicativos de mensagem estimulam o envio de áudios. Muitas mensagens faladas são enviadas e ouvidas todos os dias.

 

Acessibilidade

Como falamos anteriormente, todo e qualquer brasileiro pode escutar seus programas favoritos sem pagar nada e nos mais diferentes tipos de aparelhos. E o melhor, para ser um ouvinte de rádio, você não precisa saber ler, escrever ou parar o que está fazendo. Basta sintonizar e pronto!

 

Com tantas vantagens e com um público tão fiel, as emissoras de rádio ainda terão muitos e muitos anos de vida no Brasil.

O rádio ainda apresenta uma forma rápida e dinâmica na sua programação, assim fornecendo o conteúdo exato para o público certo.

Se você está pensando em anunciar, procure a RDR, temos o canal certo para o seu produto ou serviço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *